PoA Beijing

Ver documentação relacionada com o tema.

A Quarta Conferência Internacional sobre as Mulheres de 1995 foi um dos momentos mais importantes para a criação de novo espaços e estratégias para lutar contra a desigualdade de género.

Em 1995, a Quarta Conferência Internacional sobre as Mulheres reuniu mais de 60.000 representantes governamentais e 4.000 não-governamentais para uma reflexão sobre direitos humanos e desenvolvimento assente em perspectivas de género. Trazendo ao de cima problemáticas como os direitos humanos das mulheres, as ligações mulheres-pobreza, a importância da participação política das mulheres, o estatuto da rapariga e violência contra mulheres, esta foi uma conferência basilar para a promoção da importância das questões de género no mundo e para o reconhecimento da sua transversalidade quando o tópico é desenvolvimento e direitos humanos. Mecanismos de monitorização foram implementados através da Declaração de Pequim (o plano de acção resultante da conferência) que pedem uma avaliação da situação dos temas centrais da Conferência de Pequim a cada 5 anos.

Ver documentação relacionada com o tema.

Nona Conferência Africana sobre a Mulher (Beijing +20)

logo UN fundobranco azulescuro 95

Addis Ababa Declaration on Accelerating the Implementation of the Beijing Platform for Action é o documento resultante da recente Nona Conferência Africana sobre a Mulher (Beijing +20) que decorreu de 17 a 19 novembro 2014 em Addis Ababa, na Etiópia. Ele fornece um contributo positivo para a discussão dos 20 anos da Plataforma de Acção de Pequim (Beijing +20) na próxima reunião da Comissão sobre a Condição da Mulher, em 2015, assim como para as próximas negociações sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Está em... Home Género PoA Beijing