Práticas Nefastas

Importa, neste sentido, criar plataformas a nível nacional, local e global que permitam a troca de informação e a protecção das populações em risco. Mas reclama-se também a coordenação e coerência de políticas local-global para a sua eliminação.

Contudo, como tantos outros tópicos, existem linhas de desigualdade de género que têm um carácter estrutural em práticas como a MGF ou os casamentos forçados e precoces: se mulheres e raparigas continuarem a ver negados os seus direitos humanos, intrínsecos à condição de serem pessoas, nenhum plano para a eliminação de todas as práticas nefastas (como para a erradicação da pobreza) será bem sucedido.

Ver documentação relacionada com o tema.

Relatório de "Girls Not Brides" - Lições de 11 iniciativas nacionais para o fim do casamento infantil

logo Girls Not Brides

A P&D Factor, membro português da rede "Girls not Brides" divulga o relatório "Lessons from 11 national initiatives to end child marriage" onde é possível saber mais sobre estratégias nacionais para acabar com os casamentos infantis, forçados e combinados.

Dia Internacional de Tolerância Zero para a Mutilação Genital Feminina - Pacote de Imprensa UNFPA-UNICEF

logos UNFPA-UNICEF

O UNFPA e a UNICEF prepararam um pacote informativo sobre o Dia Internacional de Tolerância Zero para a Mutilação Genital Feminina que se celebra a 6 de fevereiro.

Guiné-Bissau: 40 aldeias abandonam prática de mutilação genital feminina

logo greensavers

"Quarenta aldeias do sul da Guiné-Bissau vão avançar com o abandono definitivo da prática de mutilação genital feminina. O anúncio foi feito hoje por Fatumata Djau Baldé, presidente do Comité para o abandono de práticas nefastas à saúde da mulher e criança."

. O direito a viver sem mutilação genital feminina

aeroporto capmanhaMGF 20julho2016 200x88

Porque os Direitos Humanos não têm férias, acompanhe a campanha O Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina que está a decorrer desde o passado dia 20 de julho nos aeroportos de Portugal e Guiné-Bissau.

Veja aqui o vídeo do lançamento da campanha no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

. Campanha “O direito a viver sem mutilação genital feminina”

MGF POST FB 200x200

A P&D Factor integra a Campanha “O direito a viver sem mutilação genital feminina”: porque os direitos humanos não fazem férias, dizemos sim à defesa e protecção dos direitos fundamentais de meninas e mulheres, dizemos Sim ao Fim e Abandono da Mutilação Genital Feminina.

. Moçambique - Estratégia Nacional para a Prevenção e Combate ao Casamento Infantil

logo PDFactor Portugal 215x70

A P&D Factor, membro da Girls not Brides, congratula-se com a aprovação por Moçambique de uma Estratégia Nacional para a Prevenção e Combate ao Casamento Infantil. 

Está em... Home Notícias Práticas Nefastas