Saúde Sexual e Reprodutiva

É importante ressalvar que não bastam preocupações técnicas: sem vontade política e investimento em recursos não será possível reduzir a incidência de qualquer destes problemas a nível da saúde e impacto no desenvolvimento. Instrumentos internacionais como a Convenção para a Eliminação de Todas as Formas de Violência Contra as Mulheres (CEDAW), o Programa de Acção da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (ICPD), a Declaração do Milénio e mais recentemente a Declaração de Estocolmo de 2014 apontam para a importância de uma acção concertada a estes níveis, tendo em comum a ideia de que toda a mulher deveria ser capaz de tomar decisões informadas acerca de saúde sexual e reprodutiva sem ser alvo de discriminação, violência ou coerção.

Ver documentação relacionada com o tema.

Contribuição dos Governos para a “Saúde Reprodutiva, Materna, Recém-nascido, Criança e Adolescente” (RMNCAH) e “Planeamento Familiar” (FP)

EURO MAPPING 2016

Euromapping de 2016 centra-se na contribuição dos Governos para a “Saúde Reprodutiva, Materna, Recém-nascido, Criança e Adolescente” (RMNCAH) e “Planeamento Familiar” (FP). Com base nos dados oficiais da OCDE entre 2011 e 2014 , são analisadas as tendências que afetam o financiamento determinante para alcançar muitos dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável - Saúde Reprodutiva, Materna, Recém-nascido, Criança e Adolescente  e Planeamento Familiar precisam e devem estar no topo da agenda de todos os parceiros.

Animação explica o parto com linguagem simples para crianças

video catraquinha 200x110

O projeto Universidade das Crianças reúne professores e investigadores para responder a perguntas de crianças. De entre outros vídeos, preparou uma animação com uma linguagem bem simples para explicar como nascem os bebés.

. Direitos das raparigas, saúde e direitos sexuais e reprodutivos é essencial para a vida de todas as pessoas

video gender-equality 200x115

Investir em direitos das raparigas, saúde e direitos sexuais e reprodutivos é essencial para a vida de todas as pessoas. Não sabe porquê? Acompanhe o relatório “Sexual and reproductive health and rights: the key to gender equality” e o video “Gender equality: the power of change” ambos da IPPF.

UNFPA estima que 250 mil a 300 mil deslocados de Mosul serão raparigas e mulheres em idade reprodutiva

logo unfpa

Com as operações militares em curso para retirar a cidade iraquiana de Mosul das mãos do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh), milhares de civis fugiram e espera-se que o número de pessoas deslocadas aumente. A resposta humanitária poderia ser a "maior e mais complexa do mundo em 2016, com 1.2 a 1.5 milhões de pessoas afetadas", de acordo com as previsões das Nações Unidas. Destas, o UNFPA estima que cerca 250 mil a 300 mil serão raparigas e mulheres em idade reprodutiva a precisar de serviços de saúde sexual e reprodutiva e de proteção contra a violência de género.

Aprovada proposta de lei da PMA - Procriação Medicamente Assistida

gravida 200x200

No passado dia 21 de Abril, em votação indiciária no Grupo de Trabalho da PMA - Procriação Medicamente Assistida, os partidos de esquerda aprovaram a alteração que, sendo aprovada, permite o acesso de todas as mulheres a técnicas de fertilidade.

Image courtesy of hin255 at FreeDigitalPhotos.net

Maior investimento na educação sexual junto das comunidades imigrantes

logo LUSA

A investigadora Alice Frade, da P&D Factor - Associação para a Cooperação sobre População e Desenvolvimento - defendeu um maior investimento na prevenção da prática da mutilação genital feminina (MGF), sobretudo na área da educação sexual junto das comunidades imigrantes, em relação estreita com o empoderamento das mulheres de países praticantes.

Está em... Home Notícias Saúde Sexual e Reprodutiva