População e Desenvolvimento A P&D Factor é uma associação sem fins lucrativos para os Direitos Humanos de cada uma e de todas as pessoas https://popdesenvolvimento.org/populacao-e-desenvolvimento.feed 2021-09-12T01:03:28+01:00 P&D Factor- População e Desenvolvimento info@popdesenvolvimento.org Joomla! - Open Source Content Management Relatório de Desenvolvimento Humano 2020-03-26T11:22:18+00:00 2020-03-26T11:22:18+00:00 https://popdesenvolvimento.org/populacao-e-desenvolvimento/829-relatorio-de-desenvolvimento-humano.html P&D Factor - JC suporte@sabiasque.pt <p><a href="https://popdesenvolvimento.org/index.php?option=com_content&amp;view=article&amp;id=829:relatorio-de-desenvolvimento-humano&amp;catid=14" title="Relatório de Desenvolvimento Humano"><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/PNUD2019.jpg" alt="Relatório de Desenvolvimento Humano, 2019" style="margin-right: 5px; margin-bottom: 5px; float: left; width: 30%;" /></a>Conheça a edição em português do mais recente Relatório de Desenvolvimento Humano, 2019: "<em>Além do rendimento, além das médias, além do presente: Desigualdades no desenvolvimento humano no século XXI"</em> - apesar dos progressos alcançados em saúde, educação e padrões de vida, as necessidades básicas de muitas pessoas continuam sem resposta.</p> <p><em>"O progresso do desenvolvimento humano implica a capacidade de gerar rendimento e convertê-lo em capacidades, incluindo melhores resultados ao nível da saúde e da educação. Este processo desenrola-se ao longo do ciclo de vida. O desenvolvimento de cada pessoa começa cedo — mesmo antes do nascimento, com a nutrição, o desenvolvimento cognitivo e as oportunidades de educação ao dispor das crianças. Prossegue com a educação formal, a saúde sexual e a segurança face à violência, antes do ingresso no mercado laboral. Para as pessoas mais pobres, o ciclo de vida é uma corrida de obstáculos que reforça as privações e as exclusões."</em> (página 68)</p> <p><a href="https://popdesenvolvimento.org/index.php?option=com_content&amp;view=article&amp;id=829:relatorio-de-desenvolvimento-humano&amp;catid=14" title="Relatório de Desenvolvimento Humano"><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/PNUD2019.jpg" alt="Relatório de Desenvolvimento Humano, 2019" style="margin-right: 5px; margin-bottom: 5px; float: left; width: 30%;" /></a>Conheça a edição em português do mais recente Relatório de Desenvolvimento Humano, 2019: "<em>Além do rendimento, além das médias, além do presente: Desigualdades no desenvolvimento humano no século XXI"</em> - apesar dos progressos alcançados em saúde, educação e padrões de vida, as necessidades básicas de muitas pessoas continuam sem resposta.</p> <p><em>"O progresso do desenvolvimento humano implica a capacidade de gerar rendimento e convertê-lo em capacidades, incluindo melhores resultados ao nível da saúde e da educação. Este processo desenrola-se ao longo do ciclo de vida. O desenvolvimento de cada pessoa começa cedo — mesmo antes do nascimento, com a nutrição, o desenvolvimento cognitivo e as oportunidades de educação ao dispor das crianças. Prossegue com a educação formal, a saúde sexual e a segurança face à violência, antes do ingresso no mercado laboral. Para as pessoas mais pobres, o ciclo de vida é uma corrida de obstáculos que reforça as privações e as exclusões."</em> (página 68)</p> UNFPA - Relatório sobre a Situação da População Mundial 2018: "O poder de escolha - Direitos reprodutivos e a transição demográfica" 2018-10-16T15:55:13+01:00 2018-10-16T15:55:13+01:00 https://popdesenvolvimento.org/populacao-e-desenvolvimento/721-unfpa-relatorio-sobre-a-situacao-da-populacao-mundial-2018-o-poder-de-escolha-direitos-reprodutivos-e-a-transicao-demografica.html P&D Factor - Info info@popdesenvolvimento.org <p><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/noticias/UNFPA_SWOP_RelatPopMund2018_foto1_150x120.JPG" alt="UNFPA SWOP RelatPopMund2018 foto1 150x120" style="margin-bottom: 5px; margin-left: 10px; float: right;" />O Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) analisa como as escolhas reprodutivas podem impulsionar o desenvolvimento económico e social. Este relatório será apresentado e debatido a 19 de Outubro pelas 15 horas na Assembleia da República, numa iniciativa conjunta do GPPsPD - Grupo Parlamentar sobre População e Desenvolvimento, com o UNFPA e a colaboração da P&amp;D Factor.</p> <p><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/noticias/UNFPA_SWOP_RelatPopMund2018_foto1_150x120.JPG" alt="UNFPA SWOP RelatPopMund2018 foto1 150x120" style="margin-bottom: 5px; margin-left: 10px; float: right;" />O Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) analisa como as escolhas reprodutivas podem impulsionar o desenvolvimento económico e social. Este relatório será apresentado e debatido a 19 de Outubro pelas 15 horas na Assembleia da República, numa iniciativa conjunta do GPPsPD - Grupo Parlamentar sobre População e Desenvolvimento, com o UNFPA e a colaboração da P&amp;D Factor.</p> Relatório UNFPA - O Estado da População Mundial 2016 2016-10-21T13:15:56+01:00 2016-10-21T13:15:56+01:00 https://popdesenvolvimento.org/populacao-e-desenvolvimento/471-relatorio-unfpa-o-estado-da-populacao-mundial-2016.html Susana Godinho sgodinho@sabiasque.pt <p><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/RelatorioUNFPA_EstadoPopulacaoMundial2016_Capa150x190.png" alt="RelatorioUNFPA EstadoPopulacaoMundial2016 Capa150x190" width="150" height="190" style="margin-bottom: 5px; margin-right: 10px; float: left;" />"10 anos é o início da adolescência, quando as meninas começam a ver as oportunidades de realizar o seu potencial... ou não. À medida que se aproximam da puberdade, podem começar a experienciar a autonomia e explorar novos interesses. Ou, pelo contrário, podem enfrentar o trabalho doméstico e os cuidados com as crianças, ou serem tratadas como mercadorias a serem negociadas. Embora rapazes e raparigas em todo o mundo enfrentem enormes desafios, a discriminação de género agrava os riscos para as meninas e raparigas. Aos 10 anos, milhões de jovens encontram-se “fechadas” nas actividades domésticas; o casamento com homens mais velhos pode em breve ser negociado; podem já estar fora da escola. Aos 10 anos, é possível que se convertam “em propriedade de alguém”, num bem material de compra e venda. Aos 10 anos, podem ver vedadas todas capacidade/oportunidades de decisão. Aos 10&nbsp; anos podem viver com algum tipo de mutilação genital. Aos 10 anos, o seu futuro não lhe pertence: outras pessoas decidem por ela."</p> <p>O mais recente Relatório do UNFPA, o Estado da População Mundial 2016, mostra que o bem-estar destas meninas terá um impacto real sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que foram aprovados por unanimidade na ONU em Setembro de 2015.</p> <p><img src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/RelatorioUNFPA_EstadoPopulacaoMundial2016_Capa150x190.png" alt="RelatorioUNFPA EstadoPopulacaoMundial2016 Capa150x190" width="150" height="190" style="margin-bottom: 5px; margin-right: 10px; float: left;" />"10 anos é o início da adolescência, quando as meninas começam a ver as oportunidades de realizar o seu potencial... ou não. À medida que se aproximam da puberdade, podem começar a experienciar a autonomia e explorar novos interesses. Ou, pelo contrário, podem enfrentar o trabalho doméstico e os cuidados com as crianças, ou serem tratadas como mercadorias a serem negociadas. Embora rapazes e raparigas em todo o mundo enfrentem enormes desafios, a discriminação de género agrava os riscos para as meninas e raparigas. Aos 10 anos, milhões de jovens encontram-se “fechadas” nas actividades domésticas; o casamento com homens mais velhos pode em breve ser negociado; podem já estar fora da escola. Aos 10 anos, é possível que se convertam “em propriedade de alguém”, num bem material de compra e venda. Aos 10 anos, podem ver vedadas todas capacidade/oportunidades de decisão. Aos 10&nbsp; anos podem viver com algum tipo de mutilação genital. Aos 10 anos, o seu futuro não lhe pertence: outras pessoas decidem por ela."</p> <p>O mais recente Relatório do UNFPA, o Estado da População Mundial 2016, mostra que o bem-estar destas meninas terá um impacto real sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que foram aprovados por unanimidade na ONU em Setembro de 2015.</p> Relatório sobre a Situação da População Mundial - UNFPA 2015 2015-12-03T15:09:49+00:00 2015-12-03T15:09:49+00:00 https://popdesenvolvimento.org/populacao-e-desenvolvimento/307-relatorio-sobre-a-situacao-da-populacao-mundial-unfpa-2015.html P&D Factor - JC suporte@sabiasque.pt <h3><a title="Relatório sobre a Situação da População Mundial - UNFPA 2015" href="https://popdesenvolvimento.org/temas/populacao-e-desenvolvimento/307-relatorio-sobre-a-situacao-da-populacao-mundial-unfpa-2015.html"><strong><img style="margin-right: 10px; margin-bottom: 10px; float: left;" src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/PT_SWOP15_WEB.png" alt="ABRIGO DA TEMPESTADE" width="200" height="255" /></strong></a>Abrigo da Tempestade</h3> <p><strong>Uma agenda transformadora para mulheres e meninas num mundo propenso a crises</strong></p> <p>É hoje apresentado mundialmente o Relatório sobre o Estado da População Mundial 2015, de responsabilidade do UNFPA e este ano sobre o tema da Ajuda Humanitária.</p> <h3><a title="Relatório sobre a Situação da População Mundial - UNFPA 2015" href="https://popdesenvolvimento.org/temas/populacao-e-desenvolvimento/307-relatorio-sobre-a-situacao-da-populacao-mundial-unfpa-2015.html"><strong><img style="margin-right: 10px; margin-bottom: 10px; float: left;" src="https://popdesenvolvimento.org/images/imagens/temas/PT_SWOP15_WEB.png" alt="ABRIGO DA TEMPESTADE" width="200" height="255" /></strong></a>Abrigo da Tempestade</h3> <p><strong>Uma agenda transformadora para mulheres e meninas num mundo propenso a crises</strong></p> <p>É hoje apresentado mundialmente o Relatório sobre o Estado da População Mundial 2015, de responsabilidade do UNFPA e este ano sobre o tema da Ajuda Humanitária.</p>