Direitos em Notícia

. “As mulheres migrantes contribuem para a natalidade em proporção superior às mulheres portuguesas.”

MartaBronzin 150x180

Portugal acolhe atualmente 421 mil migrantes, vindos, por ordem de maioria, do Brasil, Cabo Verde, Ucrânia, Roménia, China, Reino Unido, Angola, França, Guiné Bissau, Itália, entre outros países). Cá, muitos, especialmente as mulheres, encontram dificuldades sobretudo no acesso à saúde, à educação e à justiça. Falamos com Marta Bronzin, chefe de missão em Portugal da OIM – Organização Internacional das Migrações, que nos retrata a realidade nacional das migrações.

. "O projeto Meninas e Mulheres deve ser um trabalho alargado e contínuo"

GuineBissau ConferenciaANP Jun2018 200x133

A luta pelo abandono da Mutilação Genital Feminina e de outras práticas nefastas na Guiné-Bissau foi reforçada este ano com a implementação do projecto Meninas e Mulheres – Educação, Saúde, Direitos e Igualdade, a presidente da P&D Factor faz uma avaliação positiva do impacto nos bairros onde o projeto foi implementado. Mas Graça Campinos Poças alerta que a continuidade e o alargamento do projeto a outras zonas do País é crucial para solidificar o trabalho realizado.

. “Temos de investir nos cuidados e nos tratamentos fora dos hospitais”

NunoMiranda 150x180

Apesar de já não ser visto de forma tão estigmatizante, o cancro continua a ser uma doença complexa. Pode matar, mas também é curável. A situação em Portugal é das melhores entre os países da União Europeia, com uma incidência de cancro baixa, uma mortalidade baixa e uma sobrevivência elevada. Nuno Miranda, médico especialista em hemato-oncologia no IPO de Lisboa e que há seis anos dirige o Programa Nacional para as Doenças Oncológicas (PNDO), faz uma radiografia da prevenção, rastreio e tratamento das doenças oncológicas em Portugal, especialmente as que mais afetam as mulheres.

. “Todos os casamentos precoces conduzem à emancipação”

rosario farmhouse 150x180

A poucos dias do Encontro Nacional entre a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens e as Comissões de Proteção das Crianças e Jovens, que vai decorrer entre 21 e 23 de maio, falamos com Rosário Farmhouse sobre os grandes desafios que se colocam à instituição que dirige desde novembro do ano passado. Para a diretora da CNPDPCJ, a protecção dos direitos das crianças é uma área “em que nunca estará tudo feito.”

A sensibilização que tem vindo a ser feita para proteger e defender as crianças e jovens de qualquer tipo de maus tratos é hoje muito maior.”

. “Queremos intervir na segregação sexual das escolhas educativas de raparigas e rapazes”

rosa monteiro 150x180

Está há poucos meses à frente da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade, mas tem um percurso sólido e reconhecido na investigação das questões de género e direitos humanos das mulheres. Rosa Lopes Monteiro quer marcar o seu mandato com uma mudança de paradigma em várias frentes, com especial foco nos jovens.

. “A igualdade entre mulheres e homens é uma forma de vida”

Maria do Céu da Cunha Rego

O papel da família é crucial para derrubar as desigualdades de género, ainda muito vincadas em quase todos os segmentos da vida. Educar os rapazes e as raparigas, desde muito cedo, para a igualdade entre mulheres e homens é uma necessidade e pode fazer toda a diferença se quisermos construir uma sociedade mais justa. Neste Dia Internacional da Mulher, ouvimos a opinião da jurista e ex-secretária de Estado para a Igualdade, Maria do Céu da Cunha Rego.

Está em... Home arrow Direitos em Notícia Direitos em Notícia